sábado, 4 de julho de 2009

A DEFESA DO 'TRONO'

A vontade do "Marolhinha"em conservar o dono do Maranhão, faz com que suas ações e atitudes sejam comparadas a shows humorísticos tendo como patner(assistente de palco) a candidata/ex-guerrilheira. O jantar com lideranças petista apenas formalizou o descontentamento do gupo com a administração atual. A vingança do Tião que foi derrotado sabe-se lá como, está se concretizando com grandes estragos. Os respingos vão faltalmente chegar a adiministração do Michel Temer. A pandemia corruptiva está a ponto de explodir. A marolinha do "Marolinha" provoca um tsunami nos cofres públicos equivalente a duas vezes o bolsa-família e que é pior: sem passar pelo congresso para a devida votação. O presidente Getúlio Vargas, tambem tinha popularidade, e deu no que deu. Quem muito se abaixa, alguma coisa aparece. Abra o cofre tambem para dobrar o salario-mínimo. Quem sabe, se assim não aumentam alguns votos. Èsperança, é a última que morre. Alem de 160milhões em conta incubada, que fato assombroso tentam esconder? para que existam 'leões-de chácara tão declarados?. O povo não aquenta mais as palhaçadas.

Um comentário:

"re" disse...

Lamentável todo esse acontecimento no Senado, mas os podres são antigos e não de agora ou seja é antigo.
Pergunto pq somente agora foi colocado isso pra fora e mostrado pela imprensa ao País.
Porque esta puchada de tapete em cima do Presidente do Senado.? (Sem querer defendê-lo?)
Será que todos os senadores não sabiam que acontecia toda essa situação ???
A verdade é que o políticos da oposição estão querendo e bagunçar de qualquer jeito o governo, queimar a imagem para provocar dúvidas para a eleição que já está chegando
O Brasil, para crescer e conquistar o amanhã que o povo merece, precisa se livrar desta estirpe política sanguessuga.
Precisamos é fazer com que o sinismo da maioria dos parlamentares e afins, tenha fim, pois o povo não aguenta mais tanta palhaçada e corrupção.
Acho que devemos marcar bem a cara desses Senadores e fazer com que eles não voltem nunca mas para o senado.

Obgrigada pela visita.
Abraço