segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O "BIS" DO CHORO DE CROCODILO.

Apareceu a 'margarida'! ou melhor a ex-guerrilheira. E sem peruca. Pelo menos no evento do Itamaraty, o ar de 'impáfia' e autoritarismo ficaram camuflados. Será que é o espírito do natal? Duvido. Como boa política(no sentido da malandragem), este aparecimento(aparições quem faz é fantasma e seres do outro mundo) em público é mais uma jogada. Solta o foguete e corre atraz para ver onde cai a flexa. Como se diz na televisão: "bota a cara na tela" e depois confere a reação do publico. Imitando seu chefe-mor, chora as lágrimas de crocodilo na tentativa da chamada 'chantagem emocional'. O "MAROLINHA" por sua vez, testa seu poderio e critica as ações do próprio partido(as desavenças públicas começam a surgir) e, quando declarou que a possível dupla Serra/ Aécio, seria dos craques na mesma posição, recebeu um notável "chega pra lá, meu bem!" do primeiro e que deverá fastar definitivamente a possibilidade de dobradinha na chapa do governo federal. A falta de 'simancol' do 'MAROLINHA' incomensurável.

Um comentário:

sicário-OQÑ se discute disse...

Boa tarde!

Essa mulher tem se feito de vítima, usado tanto e de tantos artifícios, como o câncer, para comover o eleitor que, sinceramente sem arrependimento ou culpa, quero que ela apodreça em vida.