domingo, 30 de janeiro de 2011

UM BISPO MUITO M-A-C-H-O.

Bispo recusa comenda e impõe constrangimento ao Senado Federal
Num plenário esvaziado, apenas com alguns parlamentares, parentes e amigos do homenageado, o bispo cearense de Limoeiro do Norte, Dom Manuel Edmilson Cruz, impôs um espetacular constrangimento ao Senado Federal, ontem. Dom Manuel chegou a receber a placa de referência da Comenda dos Direitos Humanos Dom Hélder Câmara das mãos do senador Inácio Arruda (PCdoB/CE). Mas, ao discursar, ele recusou a homenagem em protesto ao reajuste de 61,8% concedido pelos próprios deputados e senadores aos seus salários.
“A comenda hoje outorgada não representa a pessoa do cearense maior que foi Dom Hélder Câmara. Desfigura-a, porém. De seguro, sem ressentimentos e agindo por amor e com respeito a todos os senhores e senhoras, pelos quais oro todos os dias, só me resta uma atitude: recusá-la”.
O público aplaudiu a decisão. O bispo destacou que a realidade da população mais carente, obrigada a enfrentar filas nos hospitais da rede pública, contrasta com a confortável situação salarial dos parlamentares. E acrescentou que o aumento “é um atentado, uma afronta ao povo brasileiro, ao cidadão contribuinte. Fere a dignidade do povo brasileiro que com o suor de seu rosto santifica o trabalho diário.
Parabéns Dom Manuel!!!!!!!!!!!!
COMENTÁRIO DO INDIGNADO:
È assim que um homem de bem e de respeito age. Com dignidade ampla, geral e irrestrita. Que bom seria se o Brasil tivesse outros homens com a mesma coragem e firmeza. Todo brasileiro de respeito deveria recusar qualquer homenagem ou comenda, oferecida pelo antro de bandidagem, ladroeira e corrupção como é o senado e seu presidente.





2 comentários:

Maria José disse...

Parabéns, Sr. Indignado pela matéria postada. Receba o meu cumprimento e aplauso. Grande abraço.

Lena Simões disse...

Matéria excelente, Sr. Indignado. Engraçado, eu desconhecia esse fato. Vou postar alguma coisa no meu twitter. Ainda tem gente de caráter nesse mundão de Deus!!!
Um abraço.