sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

SALARIO MINIMO POR DECRETO?

Comenta O INDIGNADO:
A presidenta DIL-MÁ, está realmente fazendo juz ao nome. Ex-guerrilheira, com temperamento explosivo a ponto de ser chamada d. 'Mandona", começa o por 'as manguinhas' de fora, quando impôs a tua vontade, ordenando aos aliados do governo que tomassem as devidas providencias para nao ter problemas na Câmara e no Senado quanto a aprovação do novo Salario Mínimo e otras cositas más. Ferra com todo assalariado brasileiro, quando consegue entre seus pares que, o aumento do SM até 2015, seja efetuado por decreto. O José "cara-de-pau" Sarney, declara que irá derrubar toda e qualquer tentativa da oposição na justiça de tornar nulo o referido decreto. Esses fatos, vêm confirmara o que venho afirmando: O Brasil não vive uma DEMOCRACIA. E sim uma DEMOCRADURA, agora com traços de PERPETUAÇÃO do PT no poder.

2 comentários:

Maria José disse...

Eu não tinha a menor dúvida de que, aos poucos, Dilma iria voltar ao normal. Ninguém consegue viver 24 horas por dia com máscara diferente de sua personalidade. É impossível simular com tanta perfeição assim. Grande abraço.

Anônimo disse...

Chiste, diz:

Os assalariados e aposentados são os únicos culpados pelo rombo das Contas Públicas e não os gastos indiscriminados para eleger, a qualquer custo, o sucessor de Luis Inácio.

Engordar as contas bancárias dos políticos, autoridades e pelêgos sindicalistas é um bom investimento de barganha do rolo compressor do governo: o famoso "cala bôca". Até os carapintadas sumiram ou se transformaram em caras de pau.

A turma do poder somente se importa com o povo em época de eleição ou quando a massa mostra publicamente sua indignação.

Acorda brasileiros estamos lotados de Kadafis, “marajás” no poder fazendo o que bem entende, passando por cima da Constituição, somente querendo grana se lixando para o povo, se tem fome e não tem pão, que se dane, coma “brioches recheados com caviar” degustando champagne Viuve Glicot.