domingo, 6 de junho de 2010

QUEM TEM, Ó..! TEM MEDO!

E o "MAROLINHA", sancionou o Projeto Ficha Limpa, sem nenhum veto. Mas não me venham senhores políticos com demagogia barata! Sem essa de alardear o comprometimento do governo com a democracia. Vão enganar os trouxas lá dos cafundós do Judas. O projeto que chegou para aprovação foi totalmente modificado. Os "quadrilheiros" e suas "quadrilhas", continuam sendo beneficiados, sim. Esta história de julgamento a ser realizado por um colegiado, tambem é jogo de cartas marcadas. Dificilmente algum candidato será punido. todos aqueles que forem eleitos, tomarão posse. No fligir dos 'ovos', tudo continua como "D'antes, no quartel de Abrantes". Ou seja: os ratos continuam seus passeios por cima da mesa, pois teem a certeza que nenhum gato aparecerá para incomodá-los. A vitória do manisfesto popular, não passa de grande ilusão. As farras e orgias em Brasília com o erário, vão continuar por tempo indeterminado. Quem viver, verá!

5 comentários:

angela disse...

Não existe gente suficiente para julga-los?
Os advogados e promotores do estado servem para que?
Concordo com você que não podemos esperar grandes coisas de amigos julgando amigos.
As CPIs já nos mostraram que só se pune quando interessa.
abraços

Paulino de Oliveira disse...

O ABSURDO.

Um dia, fomos loucos? ou fomos traídos?
O absurdo é:

Caros amigos

Reside o absurdo, para tristeza e vergonha nossa, na revelação de sua Excelência Ditador da Silva, onde mostra o desejo de escravizar a pessoa humana, e sem nenhum escrúpulo ao se lembrar que ele, o Mandatário-Mor da Silva, também é uma pessoa, quando disse, para todos os telespectadores fiéis e assíduos, que "O Estado que arrecada poucos Impostos é um Estado Fraco, e precisa-se é de mais impostos para fazer o Estado Forte". SABE OU NÃO SABE ELE QUE O ESTADO EXISTE POR CAUSA DO HOMEM E NÃO O HOMEM POR CAUSA DO ESTADO?

A instituição do Estado foi criada para servir ao seu criador, ao homem, isto é, às pessoas. As pessoas criam o Estado para serem servidas por ele, e não para servirem ao Estado.

O absurdo se estende mais, para o espanto de todos, quando notamos que Sua Excelência Cultura da Silva não sabe a diferença de SERVIR AO ESTADO e SERVIR À PÁTRIA.

Faz-se mister encaminhar uma missiva ao Rei para ensinar ao seu Palácio que SERVIR À PÁTRIA é uma honra e um orgulho e um prazer e uma alegria para os patriotas brasileiros, mas SERVIR AO ESTADO é uma vergonha e uma tristeza para os brasileiros.

A PÁTRIA BRASILEIRA RESPIRA O AMOR QUE A ELA DEDICAMOS, E SOBRE ESSE AMOR ELA É SOLIDIFICADA E INDESTRUTÍVELMENTE CONSTRUIDA DE FORMA ESPONTÂNEA. O contrário é o Estado.

O contrário da Pátria é o Estado, e este sem colidir com aquela.

Não há colisão entre o Estado e a Pátria, mas há sim distinção entre os dois elementos da organização sócio-política.

É notório que o nosso Presidente da República deu uma declaração infeliz que enseja a colisão e o confronto entre o Estado Brasileiro e a Pátria Brasileira, e este pensamento é próprio de ditador. O Estado existe para servir aos de sua Pátria. AQUELE QUE SERVE AO ESTADO É ESCRAVO PARA SERVIR, mas AQUELE QUE SERVE À PÁTRIA É LIVRE PARA SERVIR.

Sua Excelência disse, em outras palavras, que quer um ESTADO FORTE, e o povo como ficaria?

Quanto mais forte o Estado, Tanto mais fraca é a Pátria.

Quando se concentrarem todas as forças no Estado, não haverá Pátria, mas haverá simplesmente escravidão.

PÁTRIA é o feixe onde estão reunidos, dentre outros: idiomas, costumes, religiões, a palavra, o apreço aos jovens, o apreço aos anciãos, a imprensa, o respeito, a família, a liberdade, o amor e por aí vai.

EXEMPLO TRISTE É O FINADO ESTADO DA ANTIGA UNIÃO SOVIÉTICA, QUE ERA ESTADO FORTE, MAS RUIU.

FUNESTO É O EXEMPLO DE CUBA, ESTADO DE FERRO, E DE POVO FAMINTO DE LIBERDADE.

Cadê a Pátria Cubana? Imposição não é Amor à Pátria.

Pátria é “O Amor Natural e Espontâneo Pelas Raízes do Conchego da Habitação Humana."

Fidel Castro é Forte e Rico e Poderoso, mas o povo é fraco, pobre e faminto de poder.

E O IRÃ? Estado Forte. Cadê a Liberdade dos Iranianos.

É triste, mas, um dia, fomos loucos, e votamos num Rei Louco, que é louco por Hitler que era Louco por holocausto que é negado pelo louco do Irã ahmadinejad que AMA O NOSSO LOUCO DITADOR QUE DISSE QUE ASSINOU, SEM LER, O TEXTO DO "PNDH-3".

Que Deus nos Salve.

AMÉM.

Maria José disse...

Esse manifesto popular realmente é uma grande ilusão. Sempre foi. Grande abraço.

Laguardia disse...

Se esta lei fosse para valer Dilma Rousseff não poderia ser candidata. Já tem duas condenações de um colegiado de juízes do TSE por propaganda eleitoral antecipada. Ou será que esta condenação não vale?

Alice Senna disse...

E cadê o povo? Cadê cada um de nós pintando a cara de verde e amarelo e indo às ruas gritar Basta!! Gritar Chega de ver o nosso dinheiro suado, alimentando a ganância e a sede de poder dos que se esquecem de compromissos com o bem público, com a transparência, a ética, com uma gestão pública que cuide dos seus cidadãos e os ajudem a encontrar uma vida digna, que é direito inalienável do homem. Cadê o povo?