quinta-feira, 1 de julho de 2010

DEMOCRÁTICO OU POPULARESCO?

O "MAROLINHA", pode não ter cultura. Mas, não se pode negar sua astúcia política. Soube usar o momento caótico que passam os irmãos alogoanos e pernambucanos com as recentes enchentes destruidoras, e de forma popularesca, visitou as cidades atingidas, muito mais em campanha sucessória, que realmente ser solidário com os munícipes e, destinou outra vez migalhas financeiras para as reconstruções dos municípios. Juntou a fome com a vontade de comer. Mostrou-se comovido entre aspas, mas, com a nítida intenção de angariar votos para a ex-guerrilheira na corrida ao palacio do planalto. Ficou em evidencia, pois estando na mídia, tenta mostra-se humanitário, sabendo que o intuito maior é permanecer no poder ao eleger sua candiadata. Todos sabem que o Zé "Mensalinho' Dirceu, continua nos bastidores sendo peça chave e influente no governo e o verdadeiro coordenador da campanha presidencial. A democradura atual, pode permanecer por mais quatro anos. Atenção eleitores, depende de nós, mudarmos o quadro. O governo 'chiou' para dar 7,7% de aumento aos aposentados, no entanto para os funcionarios federais, aprovou rapidinho um aumento médio de 25%. Dois pesos e trinta e duas medidas. A aprovação do projeto "Ficha Limpa" não passa de engôdo.

2 comentários:

angela disse...

Até chorar ele chorou. Só não entendi porque não reclamou com seu ex-ministro do interior que nada fez que não se destinasse a seu curral eleitoral.
abraços

Maria José disse...

Tudo isso é revoltante. É uma pena que a grande maioria da população não tenha conhecimento ou percepção dessas estratégias eleitoreiras. Grande abraço.